A ESPORA DE OURO DO CORONEL OSÓRIO OLÍMPIO

A ESPORA DE OURO DO CORONEL OSÓRIO OLÍMPIO | Episódio 2 | Os coronéis eram homens que tinham posses. O Coronel Osório Olímpio não era diferente. Mandou fazer uma espora de ouro. Um dia, atravessando São Domingos de Pombal, uma das esporas caiu no caminho e ele não percebeu. Quando chegou em casa na Aba Da Serra, percebeu que havia perdido uma das esporas. De imediato, mandou que um dos seus “cabras” voltasse pelo caminho e procurasse a espora perdida”.

Alguém, da família de Papa Dantas encontrou o objeto precioso. Ele não sabia que pertencia ao Coronel Osório. Quando o mostraram, ele disse – “Levem de volta e coloquem no lugar onde acharam.” Isso tem dono e, o dono, vem procurar. E veio. Na busca, os homens do Coronel Osório acharam nos limites da fazenda de São Domingos a espora perdida. Voltaram e relataram para o Coronel. “Achamos na fazenda de Papa Dantas”. Osório conhecendo onde o objeto fora encontrado disse – “Não estava perdida. Estava guardada”

,