As Crônicas do Jaccú

A HISTÓRIA DA ORIGEM, DO NOME, DO LOCAL E DA IGREJA PRESBITERIANA DE INBURANINHA DE SÃO DOMINGOS DE POMBAL | Papa Dantas, o “coronel” do bem, se converteu ao Evangelho pregado segundo o rito presbiteriano. Uma das primeiras providências foi chamar o Rev. Henderlite, de quem ouvira a pregação, para estabelecer, nas suas terras, uma igreja. A casa grande foi a referência. Numa caminhada perto da casa dos Dantas, Rev. Langdon Mosely Herderlite escolheu o local. No local, havia uma pequena árvore. Daí, ele perguntou que árvore era aquela e, Papa Dantas respondeu: ” uma inburaninha”. O Rev. Herderlite escolheu o lugar. A Igreja de Inburaninha tem capacidade para cerca de 250 pessoas está lá até os dias de hoje. Anos depois, Pedro Dantas Sobrinho comprou a Fazenda Açude Velho (Jacú) onde foi morar, após o casamento, com Maria Dantas Martins.

49