O “BODE RUIM” VEIO PARA MATAR, ROUBAR E DESTRUIR

Mandei uma missiva sabiá para CHIN NUN JUM, o sábio sabiá, que responde as minhas indagações filosóficas sobre a vida. Perguntei em humanês para ele me responder em sabiês.

– Perguntei.

– Como pode uma menina de família matar os país e precipitar a família na absoluta destruição ?

Me referia ao “caso” Suzane Von Richthofen. A menina que matou os pais para “ficar” com a herança.

002

CHIN NUN JUM me mandou uma missiva em sabiês simples, direto e objetivo.

– Conheço o caso e ocaso desta triste história.

– É um dos mais tristes casos da história das famílias de classe econômica, não espiritual, média-alta no mundo dos homens sábios para a economia e cegos para a espiritualidade da vida.

– Apenas lembre-se meu amigo que as tragédias são construídas passo a passo pelo Bode Ruim.

– O Bode Ruim mente para a alma ( liberdade… liberdade… liberdade … Blá… Blá… Blá…)

– O Bode Ruim fala a linguagem DO TRAÍRA DAS TREVAS…. Liberdade é prisão…. Vida boa é vida ruim… prazer e sofrimento… sucesso é fracasso e viver a vida é vendar a alma pro Grande Bode Preto e, morar nos paraísos da corrupção é morar nos chiqueiros do mundo pobre…

– Diga a sua gente para não ouvir as sugestões do Bode Ruim… Pois, no grande livro do Sabiá Maior está escrito que ” … quem ouve as palavras do Bode Mentiroso não terá vida mas provará as amarguras da existência.. “

142

Enfim…. Sigam as pegadas do Grande Cordeiro que leva o homem para as águas da vida. É um conselho de um pequeno sabiá.

CHIN NUN JUN

,