As Crônicas de Terrazoo

Dois seres especiais conversam sobre a inteligência e as asneiras na vida dos terrazzoos.

BAJÔJÔ, o mais sagaz dos JÔJÔS, pergunta para BOBOJÁ, o mais sábio dos bobos? 

– Por que é que o bobo é bobo e não é inteligente?

BOBOJÁ responde.

– Porque o bobo é acomodado, não pensa, não reflete, não pesquisa e, enfim, é devagar. Para o bobão. tudo ta bão até o ruim tá bão. Até quando ele é enganado tá bão. O bobo é um ser para quem tudo tá bão. Por isso ele é um bobão.

 

BAJÔJÔ questiona, de novo, para BOBOJÁ

 – Por que que quem tem hora que o “muito” inteligente fica “muito” burro?

BOBOJÁ respondeu.

– Ora… Essa é fácil. A linha da inteligência está acima da linha da asneira… O sábio olha para cima… pensa grande. Ai, o muito inteligente começa a olhar… só… para o umbigo… aí, quando ele olha para o umbigo ele pensa com as tripa e, quem pensa com as tripa só faz… asneiras.

No grande livro está escrito que quando o rei Nabucodonozor achou que era muito sábio a sua racionalidade foi tirada e ele foi habitar com os asnos monteses por um tempo para aprender a ser sábio ” A sua morada foi com os asnos monteses… até que conheceu que o ALTÍSSIMO de o controle dos homens” (Daniel 5 | 21).