PRESO EM SPNUNO COBRA OBTÉM LIBERDADE PROVISÓRIA APÓS ACUSAÇÃO DE ABUSO SEXUAL

A Justiça Federal aceitou na tarde desta quinta-feira (14) o pedido de liberdade provisória feito pela defesa do preparador físico Nuno Cobra, acusado de abuso e violação sexual de mulheres. Cobra está preso na sede da Polícia Federal, na Zona Oeste de São Paulo. Ele terá de pagar fiança de 45 salários mínimos (mais de R$ 42 mil) e deve deixar a prisão ainda nesta quinta, segundo seu advogado. A liberdade provisória foi concedida com restrições pela juíza federal convocada Gisele França, do Tribunal Regional Federal da 3ª Região. Cobra, de 79 anos, foi condenado no último dia 6 de setembro por abuso sexual mediante fraude pela Justiça Federal em São Paulo, referente a um caso ocorrido durante um voo em 2015. (Fonte: G1)

,