TRAGÉDIA EM MARIANATJMG DECIDE SE VAI LIBERAR R$ 300 MI BLOQUEADOS DA SAMARCO APÓS DESASTRE

A 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) vai julgar na tarde desta terça-feira um agravo impetrado pela mineradora Samarco para tentar reverter a decisão que bloqueou R$ 300 milhões da empresa. A decisão foi uma solicitação do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) para que a verba seja usada por famílias vítimas da tragédia de Mariana, na Região Central de Minas Gerais. O rompimento da barragem do Fundão aconteceu em 5 de novembro de 2015. A lama de rejeitos que desceu do reservatório devastou comunidades e deixou 19 pessoas mortas. Ela também percorreu o Rio Doce, até chegar ao mar no Espírito Santo. O caso é considerado a pior tragédia ambiental do país. (Fonte: Portal UAI)