STFLEWANDOWSKI DEVOLVE PARA A PGR DELAÇÃO DE MARQUETEIRO DE CABRAL

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski devolveu nesta terça-feira (14) à Procuradoria Geral da República (PGR) o acordo de delação premiada do marqueteiro Renato Pereira. O marqueteiro trabalhou em campanhas políticas do governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, do ex-governador Sérgio Cabral e do ex-prefeito do Rio Eduardo Paes. Todos do PMDB. No despacho, Lewandowski pediu adequações nos benefícios concedidos a Pereira. O acordo do marqueteiro com o Ministério Público estabelece, por exemplo, que Pereira cumprirá pena somente por crimes da campanha de Pezão em 2014, deixando de fora outros 8 delitos confessados por Renato Pereira em outras campanhas. (Fonte: G1)

,