DISPUTA JUDICIALACIONISTAS DA PETROBRAS NO BRASIL PEDEM ACORDO IGUAL AO DOS EUA

Os acionistas minoritários da Petrobras pediram nesta quarta-feira (3) à Justiça brasileira que aplique aos investidores do Brasil as mesmas condições do acordo que prevê indenizações de US$ 2,9 bilhões para encerrar a ação coletiva nos Estados Unidos pelas perdas com o escândalo de corrupção revelado pela operação Lava Jato. Em petição entregue à Justiça estadual de São Paulo, a Associação dos Investidores Minoritários (Aidmin) pede que o acordo com os estrangeiros seja estendido à Ação Civil Pública aberta pelos acionistas no Brasil no fim do ano passado. O processo coletivo quer que a estatal repare os danos causados aos investidores após o escândalo. Em resposta ao G1 na quarta-feira, a Petrobras reiterou posicionamentos anteriores sobre arbitragens instauradas por acionistas no Brasil em que afirma que “a legislação não respalda essa iniciativa”, destacando que a companhia “é vítima dos atos desvendados pela Operação Lava Jato, conforme reconhecido em todas as instâncias do Poder Judiciário que se pronunciaram sobre o tema, incluindo o Supremo Tribunal Federal”. (Fonte: G1)

,