MB News

A Colômbia escolheu dia 11 novos membros para a Câmara e o Senado. Desde as 10h (horário de Brasília), quando a votação teve início, os mais de 36 milhões de eleitores podem votar nas 11.229 mesas em todo o país.

Este é o primeiro pleito que conta com a participação das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), agora renomeada para Força Alternativa Revolucionária do Comum, que concorre como partido. A nova denominação foi escolhida durante congresso das Farc, realizado em novembro do ano passado.

A eleição é realizada dois anos após o acordo de paz entre a guerrilha e o governo, firmado em novembro de 2016, em Cuba, para que as Farc se desarmassem, passando a atuar como uma força política. O acordo pôs fim a um conflito que durou 53 anos e que deixou cerca de 220 mil mortos e 60 mil desaparecidos.