Jornal da Cidade

BUENÓPOLIS (MG) | Um dos crimes que chocou Minas Gerais, e ganhou até repercussão internacional, começa a ser julgado.  Jairo Lopes, de 42 anos, é réu no julgamento da morte de Raiane Aparecida Cândida, de 10, em Buenópolis, na Região Central de Minas, em junho 2016. Ele confessou o crime na época das investigações e responde por homicídio, estupro e roubo. A garota foi brutalmente assassinada e teve o coração arrancado pelo criminoso. Familiares da vítima acompanham a audiência. Mais informações no Jornal da Cidade (TV Minas Brasil) dessa sexta-feira à partir das 12h.