Política

A modernização da legislação trabalhista, que entrou em vigor em novembro do ano passado, veio para fortalecer os sindicatos. A afirmação foi feita pelo ministro do Trabalho, Helton Yomura, após o lançamento da campanha Maio Lilás, na sede do Ministério Público do Trabalho, em Brasília, na tarde desta segunda-feira (07). “É um fortalecimento dos sindicatos porque, se a lei dá um protagonismo ao sindicato na primazia do negociado sobre o legislado, vai demonstrar para o sindicalizado que o sindicato tem hoje uma maior operação e mais coisas a fazer, um maior trabalho. Se o sindicato trabalha, o sindicalizado vai se ver representado”, disse.

Yomura destacou que essa representação será importante para que os trabalhadores optem pelo pagamento da contribuição sindical. “É importante frisar que a contribuição sindical não acabou. Ela só deixou de ser obrigatória”, lembrou o ministro. “Nós entendemos que tem que haver uma manifestação individualizada e pormenorizada de cada trabalhador a respeito disso.”

O ministro participou do lançamento da campanha Maio Lilás, do MPT, que promove atividades, neste mês de maio, para discutir a participação dos trabalhadores na atuação dos sindicatos, visando à defesa dos seus direitos. “É um evento que discute a modernização trabalhista no flanco da relação sindical e relações do trabalho. É importante, vem contribuir com o engrandecimento e o fortalecimento dessa nova legislação, que é muito recente”, salientou.