Jornal da Manhã

BRASÍLIA | Fora do governo Temer desde abril, o ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles acabou chamado na noite do último domingo pelo presidente Michel Temer para ajudar a formular um acordo que o movimento dos caminhoneiros aceitasse – após sete dias de greve, idas e vindas do Planalto e desabastecimento pelo país. (BBC)