Economia

A italiana Enel comprou 73% da distribuidora de energia Eletropaulo por R$ 5,552 bilhões. Ao todo foram negociadas 122,7 milhões de ações em oferta pública realizada nesta segunda-feira (4) em leilão na bolsa de valores (B3). O preço por ação, de R$ R$ 45,22, foi definido na quarta-feira (30).A proposta da Enel estava condicionada, entre outros fatores, à compra do controle da Eletropaulo, ou seja, de mais de 50% do capital. Se todos os acionistas optassem por vender seus papéis à companhia italiana, o custo da operação teria sido de R$ 7,56 bilhões.Com a transação, a Enel ainda se comprometeu a fazer um aumento de capital na distribuidora paulista de pelo menos R$ 1,5 bilhão.Para assumir o controle da Eletropaulo, a companhia italiana ofereceu um valor por ação maior do que a Neoenergia, que se dispôs a pagar R$ 39,53.A companhia italiana superou sua rival Iberdrola pela transação, que a tornará a líder no mercado brasileiro de distribuição de eletricidade, posição até então ocupada pela CPFL Energia, da chinesa State Grid. A Neoenergia, controlada pela Iberdrola, ofereceu 39,53 reais por ação da Eletropaulo em sua proposta final pelo ativo, na semana passada(G1).