MB News

O dólar disparou ante o real nesta terça-feira (5) e se valorizou sobre a maioria das moedas emergentes, conforme ameaças comerciais entre Estados Unidos e seus parceiros se intensificam e mais dados fortes da economia americana reforçam a possibilidade de alta adicional nos juros por lá.

O dólar comercial fechou em alta de 1,81%, cotado a R$ 3,812, maior nível desde março de 2016. No dia, chegou a R$ 3,816. O dólar à vista avançou 1,01%, para R$ 3,7807.

O IBOVESPA, índice que reúne as ações mais negociadas da Bolsa brasileira, caiu 2,39%, para 76.712,56 pontos, segundo dados preliminares, reforçando a aversão a risco do investidor e pressionado por papéis da Petrobras, além de bancos e da Eletrobras.