Esporte

Conforme definido por sorteio, o Cruzeiro terá o Flamengo pela frente nas oitavas de final da Copa Libertadores. O histórico do clube celeste contra brasileiros na maior competição de clubes da América é positivo tanto no retrospecto geral quanto em duelos eliminatórios.Em todas as edições da Copa Libertadores, o Cruzeiro enfrentou brasileiros em 26 oportunidades: 12 vitórias, 7 derrotas e 7 empates. A Raposa já pegou Vasco, Internacional, Palmeiras, São Paulo e GrêmioQuando se trata de jogos eliminatórios, o Cruzeiro tem uma pequena vantagem: avançou 4 vezes e foi eliminado em outras 3. Nesta contagem, não consideramos os jogos contra o Inter pela Libertadores de 1977, quando mineiros, gaúchos e a Portuguesa, da Venezuela, duelaram por uma vaga na final. A Raposa passou e pegou o Boca Juniors na decisão. O time argentino foi o campeão daquela edição do torneio.
O primeiro mata-mata de Libertadores do Cruzeiro contra brasileiros ocorreu em 1997. O rival foi o  Grêmio. O clube celeste venceu por 2 a 0, no Mineirão, e perdeu por 2 a 1, no Olímpico. A classificação sobre o time gaúcho, então um dos favoritos, deu moral para a Raposa que conquistou o bicampeonato da Libertadores naquela ocasião.
Em 1998, o Cruzeiro caiu para o Vasco. Já em 2001, o Palmeiras eliminou a Raposa nos pênaltis.
Em 2009, São Paulo e Grêmio foram as vítimas do Cruzeiro, que caiu somente na final para o Estudiantes. No ano seguinte, o clube celeste foi eliminado pelo São Paulo. A Raposa deu o troco no Tricolor do Morumbi em 2015, batendo os paulistas nos pênaltis(Estado de minas).