Giro Rural

Foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (15), a portaria de criação da Unidade Avançada do Incra no Triângulo Mineiro, instalada em Uberlândia (MG). O ato consolida as ações que vêm sendo realizadas desde o ano passado na região, como a titulação e a regularização de famílias assentadas. A Unidade substitui o Escritório Técnico – formalizado em outubro de 2017 – tendo maior autonomia e ampliando a atuação da autarquia junto a assentamentos do Triângulo Mineiro e do Alto Paranaíba. Embora vinculada à superintendência regional, ela aproxima o atendimento a cerca de 4,8 mil famílias de 85 assentamentos em 66 municípios. 

“A Unidade do Incra em Uberlândia era uma das mais demandadas e necessárias, tendo em vista a importância econômica dessa região para o país”, justifica o diretor de Desenvolvimento de Projetos de Assentamento, Ewerton Giovanni dos Santos, destacando a gestão da Diretoria junto aos órgãos competentes para viabilizar a segunda Unidade no estado (a primeira foi criada em fevereiro de 2017, em Montes Claros, norte de MG).

A articulação iniciada pela Superintendência Regional do Incra contou com apoio também de parlamentares federais e da prefeitura de Uberlândia – que continuará cedendo o espaço para o atendimento ao público (anexo à Secretaria Municipal de Agropecuária e Abastecimento – Rua das Gameleiras, nº 10, onde também funciona a Unidade Municipal de Cadastramento).

“É uma conquista não só do Incra, mas também dos movimentos sociais, que sempre pleitearam isso, dos assentados, dos produtores rurais, de todos aqueles que serão beneficiados com a execução de políticas públicas e a gestão da malha fundiária”, lembra o superintendente Robson de Oliveira Fonzar.