As Crônicas de Terrazoo

NÃO BATA PALMAS PARA VOCÊ MESMO

“Comer muito mel não é bom; assim,
procurar a própria honra não é honra” Provérbios 25 | 27

Fazer propaganda de si mesmo não é bom. Os fariseus faziam propaganda de suas virtudes e tocavam trombetas para anunciar seus feitos caridosos. Essa atitude foi reprovada por Jesus. 
A hipocrisia dos fariseus levou-os a bater palmas para si mesmos sempre que faziam alguma obra de caridade. Essa propaganda, porém, era falsa. Aqui, Salomão, usa outra metáfora.

Diz que uma coisa boa e saudável pode tornar-se enjoativa e nociva à saúde, quando feita em excesso. Diz o sábio que comer muito mel não é bom; assim, procurar a própria honra não é honra. Quem bate palmas para si mesmo, destacando suas próprias virtudes, proclamando seus próprios feitos e acendendo os holofotes sobre si mesmo está na contramão da virtude. A soberba não é honra, mas vexame. Não devem ser nossos lábios que nos honram.

A autopromoção é uma atitude indigna e reprovável. Gabar-se de seus próprios feitos e contar vantagem para se sobressair dentre os demais é uma postura indigna de um cristão maduro. Desfraldar as bandeiras da autoexaltação é uma vergonha. Procurar a própria honra é um grave defeito. A humildade é a grande marca de um indivíduo sábio. Uma pessoa nunca é tão grande como quando ela é humilde. Aqueles que se humilham são exaltados e exaltados pelo próprio Deus.