Mundo

A pós três dias de resgate, 12 meninos e o seu técnico de futebol foram retirados da caverna Tham Luang, no norte da Tailândia, e passam bem. A operação desta terça-feira (10) foi a mais desafiadora, porque chovia e o número de resgatados foi superior ao das missões anteriores.Como estava previsto, o técnico, Ekkapol Chantawong, de 25 anos, foi o último a voltar à superficie. Oito crianças – em dois grupos de quatro pessoas – do time de futebol chamado “Javalis Selvagens” já tinham sido retirados da cavidade subterrânea desde o começo das operações, no domingo (G1).