Mundo

 

As ilhas Exuma, nas Bahamas, são famosas pelas praias com areia branca, águas transparentes e infindáveis cenários para fotografar e ser fotografado.

A modelo Katarina Zarutskie aproveitou a visita ao namorado e à família dele no mês passado na região para fazer uma série de fotos. Depois de um almoço em família numa área conhecida como Staniel Cay, Katarina viu pessoas mergulhando e interagindo com tubarões-lixa, também conhecidos como tubarão-enfermeiro.

Ela não hesitou e pulou na água para ser fotografada com os animais, apesar da preocupação da família do namorado. Acabou mordida pelo braço.

Os tubarões, que cercam os estaleiros locais, transformaram-se em atração turística, aparecendo em milhares de fotos na internet.

Ela diz que, depois de alguns minutos fazendo poses, um morador lhe disse para ela ficar de barriga para cima e flutuar junto aos tubarões.

“Nesse momento, as pessoas começaram a tirar fotos. Assim que encostei minhas costas na água, depois de alguns segundos, eu fui puxada”, conta.

O pai do namorado da modelo estava tirando as fotos da modelo e conseguiu registrar tudo, numa série de imagens, incluindo o exato momento em que os tubarões atacaram Katarina.

Um tubarão prendeu a modelo debaixo d’água por vários segundos antes que ela conseguisse arrancar o punho preso na boca dele.

As imagens mostram a modelo, institivamente, cobrindo o próprio punho e erguendo o braço na tentativa de evitar que o sangue se espalhasse pela água. (Fonte G1).