Saúde em Foco

A ameaça do retorno ao país de doenças erradicadas ou controladas levou a Secretaria Municipal de Saúde a decretar uma verdadeira “caça” aos faltosos das salas de vacinação de Belo Horizonte. A partir desta semana, funcionários de centros de saúde tentarão localizar por telefone quem precisa se proteger contra o sarampo, e agentes comunitários, que vão para a rua, farão o mesmo serviço no trabalho de casa em casa. Em agosto, campanha nacional de imunização do dia 6 ao 31 vai tentar evitar que o surto da enfermidade no Norte do Brasil e a ocorrência de casos em estados das regiões Sudeste e Centro-Oeste se alastrem para o restante do território brasileiro, além de bloquear de vez qualquer possibilidade de ressurgimento da poliomielite( Estado de minas).