Mundo

Centenas de dinamarquesas protestaram nesta quarta-feira (1º) em Copenhague contra uma nova proibição ao uso de véus de rosto em público, acusando o governo de violar o direito das mulheres de se vestirem como preferirem. O Parlamento da Dinamarca aprovou o veto em maio, seguindo o exemplo da França e de outros países da União Europeia para preservar o que alguns políticos dizem ser valores seculares e democráticos. As manifestantes, muitas usando o véu de corpo inteiro conhecido como niqab, iniciaram a marcha no bairro central de Norrebro e foram até a delegacia de Bellahoj, nos arredores da capital do país.Entre elas havia algumas que foram com os filhos, muçulmanas sem niqab e dinamarquesas que não eram muçulmanas com os rostos cobertos. Não houve relatos de incidentes (Fonte.: G1).