Política

Germano Rigotto foi confirmado como candidato a vice de Henrique Meirelles nas eleições para a Presidência da República em 2018, durante convenção do MDB no Rio Grande do Sul, neste domingo (5). A inclusão do ex-governador gaúcho na chapa havia sido anunciada no sábado (4). Pela primeira vez desde 1994, o MDB terá candidatura própria ao Planalto. “O MDB terá seu projeto nacional, sua cara própria”, afirmou Rigotto, durante a convenção. Ele declarou que é uma “honra enorme” estar ao lado de Meirelles na corrida presidencial. “Vamos mostrar que é possível sim sair de 2%, 3% [de intenções de votos] nas pesquisas e ganhar uma eleição nacional”, acrescentou o candidato. Já Meirelles ressaltou que Rigotto fará “uma grande diferença” na disputa. “Em uma época de polarização e extremismos, é fundamental contar com um bom exército, com aqueles que só acreditam na democracia como sistema político, nas instituições e na força individual de cada brasileiro”, pontuou o candidato (Fonte.: G1).