Economia

 A China vai impor tarifas adicionais de importação de 25% sobre US$ 16 bilhões em produtos norte-americanos, que vão de combustíveis e produtos siderúrgicos a automóveis e equipamentos médicos, informou o Ministério do Comércio chinês nesta quarta-feira (8), à medida que as duas maiores economias do mundo intensificam uma disputa comercial. As tarifas entram em vigor no dia 23 de agosto, informou o ministério, no mesmo dia em que os Estados Unidos planejam iniciar a cobrança de mais 25% sobre US$ 16 bilhões em produtos chineses. A lista final da China difere da versão anterior publicada em junho, que incluía petróleo bruto. O número de categorias de produtos sujeitos a tarifas subiu para 333 ante 114 na versão de junho, embora o valor final seja o mesmo (Fonte.: G1).