Polícia

O proprietário de uma padaria no Bairro Planalto, Região Norte de Belo Horizonte, foi espancado após discutir com um cliente no estabelecimento, na tarde desta terça-feira, e terminou morrendo. Ele teria sido agredido com uma chave de fenda após o autor do crime não concordar com um aumento no preço do cigarro picado por estar pagando com cartão de crédito.segundo a Polícia Militar, quando os agentes chegaram ao local, o dono da padaria, Gilssimar Dias Salviano, estava caído no chão com ferimentos graves. Os policiais rondaram a área e localizaram o suspeito, o pintor Filipe Henrique de Lima, de 28 anos.O homem disse aos policiais que discutiu com a vítima após o atendente do estabelecimento cobrar R$ 0,50 a mais em um cigarro picado devido ao pagamento via cartão de crédito.Conforme o boletim de ocorrência da PM, o suspeito confessou aos policiais que agrediu o proprietário com uma chave de fenda(Estado de minas).