Política

A despeito da facada que vitimou o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), ele terá de aprender a respeitar as mulheres. A opinião é do concorrente Henrique Meirelles, candidato do MDB ao cargo.
“Independentemente da situação pessoal, ele vai ter que aprender a respeitar mulher, sim, porque quando eu for Presidente da República, nós vamos exigir o respeito a todos os gêneros. Mulheres e todas as raças serão respeitadas”, disse Meireles nesta segunda-feira (10) durante o evento de campanha em Parelheiros, bairro da periferia na zona Sul de São Paulo. Ele ponderou que é preciso fazer “manifestação de respeito” a Bolsonaro, mas, “depois, com o problema da saúde do candidato resolvido”, as ideia dele serão combatidas.
“Não é combater a pessoa. Nós somos radicalmente contra discriminação contra mulher, e isso não será permitido”, completou o emedebista. Questionando pela reportagem sobre em quantos dias os adversários devem voltar a criticar Bolsonaro, Meirelles afirmou que cada campanha deverá definir seu prazo (Fonte.: TNH1).