Mundo

Um garoto de 12 anos que foi suspenso em uma escola em Londres por usar dreadlocks conseguiu o direito de usar o cabelo como quiser.O britânico Chikayzea Flanders havia recebido uma ordem da escola Fulham Boys School para que cortasse o cabelo se não quisesse receber uma suspensão.Sua mãe, Tuesday Flanders, entrou na Justiça contra a escola, argumentando que a exigência é um ataque à sua religião rastafari, cujos fieis tradicionalmente usam esse tipo de penteado.A família e a escola agora chegaram a um acordo(G1).