Saúde em Foco

Estudo publicado no New England Journal of Medicine e apresentado nesta semana na sessão mais importante do encontro anual da Sociedade Americana de Oncologia, em Chicago, revelou que a maior parte das pacientes consideradas de baixo risco para recidiva do câncer de mama (ou seja, a volta do tumor) pode evitar a quimioterapia. Segundo o trabalho, mais de dois terços dessas mulheresdeveriam realizar apenas o tratamento hormonal.

A pesquisa, chamada de TailorX, acompanhou mais de 10 mil mulheres durante cerca de nove anos nos Estados Unidos e em outros cinco países. Os resultados da avaliação mostraram que a maioria das pacientes poderia rejeitar a quimioterapia após a retirada do tumor. A mulher poderia seguir seu tratamento exclusivamente com a hormonioterapia, que bloqueia o hormônio capaz de contribuir para a volta do câncer. Por isso, é importante a atenção permanente com o corpo, visita periódica ao médico e a realização e exames preventivos.