Polícia

O empresário Edison Brittes Júnior, suspeito de matar o jogador Daniel Corrêia Freitas, de 24 anos, está prestando depoimento à Polícia Civil nesta quarta-feira (7), em São José dos Pinhais, na Região de Curitiba.

O interrogatório começou às 10h e foi interrompido por volta das 12h30 para o almoço e foi retomado às 14h.

Edison Júnior, de 38 anos, está preso. Ele confessou em entrevista à RPC Curitiba que matou o Daniel, sob descontrole emocional, porque o jogador tentou estuprar a mulher dele, Cristiana Brittes, de 35 anos.