Economia

O Procon de São Paulo encontrou irregularidade em quase metade dos estabelecimentos visitados durante a Black Friday.

Entre 22 e 23 de novembro, foram visitados 255 locais e apurado algum tipo de irregularidade em 122 ou 47% do total, que foram autuados.

As principais irregularidades encontradas foram falta de informação do preço à vista, inadequação da informação de preço e descumprimento da oferta. No site do Procon, há uma lista com as empresas mais reclamadas.