Polícia

Uma operação integrada da polícia e Ministério Público para prender 25 pessoas envolvidas em adulteração de combustíveis no Espírito Santo e São Paulo, aconteceu na manhã desta segunda-feira (3). Em terras capixabas, dois grandes empresários foram presos logo cedo. Até o fim da manhã, 14 pessoas foram presas.O objetivo da Operação Lídima é desarticular uma organização criminosa que adulterava combustíveis. O grupo batizava gasolina e álcool com solvente e água. Na operação do Núcleo de Repressão às Organizações Criminosas e à Corrupção, várias pessoas foram presas, entre elas os empresários Francisco Calezani e Adriano Scopel(G1).