Política

O diagnóstico apresentado nesta terça-feira (11) pela equipe de transição do governador eleito Romeu Zema aponta um deficit quase três vezes maior nos cofres públicos do Estado para 2019. O valor negativo de 11,4 bilhões, previsto no orçamento, foi considerado fantasioso pela transição. Eles calcularam que a dívida chegará próxima ao montante de R$ 30 bilhões. De acordo com o coordenador da equipe de transição, vereador licenciado Mateus Simões (Novo), no mínimo R$ 23,5 bilhões já estão contabilizados no deficit das contas entregues ao futuro governo.