Política

Depois do cancelamento da reunião da última sexta-feira (14) sobre o pagamento do 13º salário deste ano, os servidores públicos mineiros se mobilizam na manhã desta segunda-feira (17) para pressionar o governo de Minas por uma resposta sobre o benefício natalino. Eles também querem antecipar o pagamento da segunda parcela dos salários de dezembro, relativos ao mês trabalhado em novembro, já que, para a maior parte do funcionalismo, foram pagos somente R$ 2 mil antes do Natal. s policiais civis fecharam o Detran da Gameleira na manhã desta segunda-feira, impedindo, de acordo com o Sindicato dos Escrivães de Polícia do Estado de Minas Gerais (Sindep/MG), a realização de cerca de 500 vistorias e de 8 mil documentos por hora. Na convocação, o sindicato diz que os números da Secretaria de Fazenda são “alarmantes”. O grupo diz temer que o parcelamento do benefício natalino ocorra em até seis vezes e que o Executivo deixe de pagar os servidores para atender aos prefeitos(Estado de minas).