Brasil

O médium João de Deus, de 77 anos, e a mulher dele, Ana Keyla Teixeira, de 40, foram indiciados pela Polícia Civil por posse ilegal de armas. A informação foi divulgada na manhã desta quinta-feira (10), durante coletiva concedida pela delegada Karla Fernandes, em Goiânia.

Ela também anunciou o fim da força-tarefa da corporação criada para investigar as denúncias contra o religioso.