Brasil

A série de ataques criminosos contra ônibus, bancos, prefeituras, comércios e prédios públicos que atinge Ceará completou uma semana. Desde quarta-feira (2), foi contabilizado 170 ataques em 42 dos 184 municípios cearenses.

Para tentar conter a onda de violência em Fortaleza e no interior, o estado recebeu o reforço de tropas da Força Nacional e de policiais da Bahia. O governador Camilo Santana anunciou que 21 membros de facções criminosas presos no Ceará foram transferidos para presídios federais após os ataques.

(G1)