Saúde em Foco

A suspeita de que tripulantes do navio MSC Seaview tivessem contraído rubéola levou equipes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), do Grupo de Vigilância Epidemiológica do Estado de São Paulo (GVE) e da Seção de Vigilância Epidemiológica (Seviep) de Santos a fazerem uma investigação epidemiológica no navio, no último sábado (16).Segundo a Anvisa, 13 tripulantes tiveram amostras coletadas e encaminhadas para análise laboratorial. O resultado deve sair nos próximos dias. “As medidas de controle tomadas foram isolamento dos suspeitos no mesmo deck do navio, a fim de garantir maior segurança no controle da propagação da doença e a limpeza e desinfecção do centro médico, cabines e áreas comuns do navio (Agência Brasil).