Esporte

A ex-tenista tcheca naturalizada americana, Martina Navratilova, pediu desculpas neste domingo depois de ter descrito as atletas transgênero que desejam participar de competições femininas como “trapaceiras”.A lenda do tênis, vencedora de 18 títulos de Grand Slam, foi chamada de “transfóbica” depois de ter escrito uma coluna em um jornal na qual defendia que permitir às esportistas transgênero competir com outras registradas como mulheres ao nascer era “trapacear e injusto (AFP).