Polícia

Um pedreiro, de 50 anos, foi detido em Montes Claros, na Região Norte de Minas Gerais, depois que a mulher dele o acusou de estuprá-la usando um objeto artesanal de argila em formato de um pênis. A vítima, de 39 anos, ainda alegou para a Polícia Militar (PM) que, além da agressão sexual, o homem não permitia que ela usasse a Internet ou trabalhasse, e a impediu de sair de casa, mediante constantes ameaças de morte. O caso aconteceu no último fim de semana e começou a ser investigado pela Polícia Civil nesta segunda-feira (Estado de minas).