Brasil

O presidente Jair Bolsonaro anunciou ontem a abertura de um escritório comercial brasileiro em Jerusalém e não pretende, pelo menos por enquanto, transferir a embaixada da capital israelense para a cidade sagrada, conforme prometido durante a campanha eleitoral. O novo escritório fará promoção do comércio, investimento, tecnologia e inovação, como parte da embaixada em Israel. Em declaração conjunta com Bolsonaro, o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, afirmou que o escritório é o primeiro passo para a mudança da embaixada (Estado de minas).