Economia

O Itaú Unibanco reduziu as expectativas para o crescimento econômico em 2019 e 2020, após incorporar dados mais fracos e sinais de desaceleração da atividade na margem. A estimativa para o Produto Interno Bruto (PIB) deste ano passou de alta de 2,0% para 1,3%, enquanto a de 2020 saiu de 2,7% para 2,5%. Para o PIB do primeiro trimestre, cortou a previsão de elevação de 0,3% para declínio de 0,1%, após expansão de 0,1% no último trimestre de 2018. Na comparação interanual, prevê alta de 0,6% (Estado de minas).