Mundo

O relator especial da ONU para o direito à privacidade, Joe Cannataci, que deveria se encontrar com o fundador do WikiLeaks Julian Assange em 25 de abril na embaixada do Equador em Londres, pretende visitá-lo em seu local de detenção no Reino Unido.Cannataci disse em comunicado que não suspenderá sua viagem a Londres.”Isso significa apenas que, em vez de visitar Assange na embaixada (…), vou fazê-lo em uma delegacia ou onde no Reino Unido possa estar detido”, disse ele a repórteres (Estado de minas).