Mundo

O acesso da Venezuela ao Fundo Monetário Internacional (FMI), tanto para retirar seus fundos de reservas como para negociar empréstimos, está condicionado à definição sobre quem governa em Caracas, informou nesta quarta-feira um porta-voz do organismo.A legitimidade do governo da Venezuela está em questão desde janeiro, quando o líder opositor Juan Guaidó desafiou a autoridade do presidente Nicolás Maduro, em meio uma aguda crise econômica (AFP).