Polícia

Já está na fase de debates o julgamento Rayanne Maia Marques, de 27 anos, acusada de assassinar Ludmilla Rivas da Silva, de 37, que era síndica de um prédio no Bairro Parque São José, Região Oeste de Belo Horizonte. O crime aconteceu na noite do Natal de 2017, depois que a vítima foi até o apartamento onde a mulher mora para reclamar de barulhos. Ela acabou morta a facadas. O julgamento acontece no 2º Tribunal do Júri (Estado de minas).