Política

O governador Romeu Zema (Novo) reassume nesta segunda-feira (15) o comando do estado com mais uma crise para solucionar com o Legislativo mineiro. Desta vez, terá de conter a insatisfação criada no PSDB, maior partido aliado da sua gestão, por conta da declaração que deu a uma revista, de quetodos os ex-governadores de Minas maquiaram contas. Diante da fala, o presidente do PSDB de Minas Gerais, deputado federal Domingos Sávio (PSDB), cobrou nesta segunda-feira (15) um posicionamento em relação à legenda (Estado de minas).