Economia

O anúncio da alta do diesel na noite dessa quarta-feira, 17, foi mais um revés sofrido pelos caminhoneiros nesta semana. Depois do pacote de medidas que frustrou a categoria, a decisão da Petrobras de elevar em R$ 0,10 o litro do diesel deixou os motoristas divididos. A ala mais radical já se articula para uma paralisação nos próximos dez dias. Mas também há a turma do “deixa disso” e que prefere esperar mais (Estado de minas).