Turismo

O sol de outono que se esconde entre as montanhas e espalha dourado para todo lado, o jovem voando no parapente colorido bem na linha do horizonte e o clima de aconchego presente nas pousadas, restaurantes e varandas ao pé da Serra da Moeda.As cenas em Brumadinho mostram que a cidade da Grande BH, vítima da tragédia de 25 de janeiro, “está viva e de braços abertos para o turismo”, conforme disse, ontem, o presidente da Associação de Turismo de Brumadinho e Região (Estado de minas).