Brasil

O Brasil manifestou à Bolívia que deseja a extradição do narcotraficante boliviano Pedro Montenegro, que causou uma das maiores crises da polícia de seu país ao criar uma rede de vínculos com agentes.”Recebemos uma comunicação oficial na qual o Brasil expressa seu interesse em continuar com o processo de extradição de Montenegro”, disse o ministro boliviano das Relações Exteriores, Diego Pary, em entrevista ao jornal local El Deber.Montenegro foi preso no último sábado semanas depois de a imprensa revelar seus laços com policiais, incluindo com ex-chefe da Força Especial de Combate ao Crime, Gonzalo Medina, que recebeu baixa, junto com mais dois da instituição (Estado de minas).