Política

Imagina dois rivais que estão sempre disputando para ver quem vai mandar na cidade. Agora pensa em políticos que dividem pau a pau a preferência dos eleitores há quase uma década. Com os senhores, Sue Cudilla e Noel Beronio. Toda vez que eles resolvem brigar nas urnas pelo cargo de prefeito de Araceli é emoção na certa. Em 2013, Cudilla venceu Beronio pela primeira vez com uma vantagem de apenas 759 votos. Três anos depois eles voltaram a pleitear os votos dos eleitores. O resultado final foi inverso, mas ainda mais apertado. Beronio deu o troco com uma vitória por 19 votos de diferença. No dia 13 de maio a dupla se encontrou novamente nas urnas. Cada candidato recebeu 3.495 votos. Em comum acordo, os rivais optaram pelo desempate no “cara ou coroa” na sexta-feira, dia 17. A escolha pela disputa na moeda é aceitável nas Filipinas, apesar das regras locais especificarem o sorteio. Ficou acordado que seria ainda em uma melhor de três, para que não ocorresse novo empate. Cudilla escolheu coroa e se deu bem. Na moedinha ela impediu a reeleição de Beronio e de novo vai assumir o principal cargo no executivo municipal (Estado de minas).