Política

Dois empresários, José Elias da Silva Júnior e Luciano José da Silva,  e o advogado, Bady Elias Couri Neto, ex-juiz do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG), são alvos, na manhã desta quinta-feira, de operação da Polícia Federal para apuração de pagamento de propina no valor de R$ 2 milhões. O trio será levado para prestar depoimento na sede da Polícia Federal, em Belo Horizonte, no Bairro Gutierrez, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte (Estado de Minas).