Mundo

Milhares de crianças nascidas de mães venezuelanas na Colômbia estão em situação de indefinição judicial, sem documentos de identidade, sob risco de se tornarem apátridas, informou a Agência da Organização das Nações Unidas para Refugiados (Acnur) nessa quinta-feira (23). Aproximadamente 1,3 milhão de venezuelanos se estabeleceram na vizinha Colômbia, fugindo de uma crise política e econômica que tem provocado grave escassez de alimentos e medicamentos (Agência Brasil).