Polícia

Um desvio de pelo menos R$ 1,4 milhão na Prefeitura de Barbacena, na Zona da Mata mineira, apontado pela Controladoria Geral da União na gestão passada, levou a Polícia Federal a deflagrar, na manhã desta terça-feira (21), uma operação conjunta com outros órgãos federais para o cumprimento de mandados de buscas e prisão no município, além de Belo Horizonte, Nova Lima e Contagem.

A investigação envolve a aquisição de equipamentos médicos hospitalares pela Secretaria de Estado de Saúde e os crimes apurados são os de fraude em licitação, corrupção e desvio de recursos (Estado de Minas).